quinta-feira, 19 de outubro de 2017

PREÇO ABUSIVO: Em Audiência Pública, com suas explicações técnicas Cemar irrita mais ainda o consumidor


O vereador e pré-candidato à deputado estadual, Rildo Amaral que assim como a população, também não gostou "nadica" de nada das "explicações dos representantes da Cemar"

O presidente Zé Carlos irritado com a Cemar devido o aumento abusivo aos seus consumidores imperatrizenses

O presidente José Carlos Soares pedindo que a Cemar faça um treinamento com o seu pessoal (mau educado) na hora do corte da energia 

A mesa diretora e ao fundo a galeria lotada de quem veio atrás de uma explicação 

Imperatriz – Numa Audiência Púbica que foi realizada hoje (19), no plenário Léo Franklin da Câmara Municipal de Imperatriz, com os representantes da Cemar, para tratar e discutir o assunto referente ao preço abusivo cobrado na taxa de energia elétrica. Os representantes da distribuidora de energia elétrica – Cemar tentaram de todas as formas acharem uma explicação para os vereadores e a população imperatrizense que lutou a galeria da Casa de Leis, mas infelizmente, com suas explicações técnicas, onde a população não entendia quase nada ou nada mesmo, os representantes da empresa, conseguiram foi irritar mais ainda à população (consumidor), com suas tais explicações técnicas que durante e ao termino da Audiência, não chegaram há um denominador comum.
Perguntas como a do vereador Chiquim da Diferro, que questionou sobre o “corte” de energia às sextas-feiras e véspera de feriados? Esta e várias outras, ficaram sem resposta irritando os presentes, devido a Cemar nunca ter respeitado a Lei Municipal aprovada pela Câmara de Vereadores e sancionada pelo prefeito que proíbe o “corte” de enrgia nos dias de sextas-feiras e véspera de feriados.
O presidente da Câmara Municipal, José Carlos Soares Barros (PV), disse que a empresa, tem que urgentemente, fazer um treinamento com seu pessoal, porque são muito mal educados, quando vai “cortar” a energia de uma residência, eles não querem saber se lá não tem ninguém na casa e muito menos, se tem alguém doente ou pessoas usando a energia para suas atividades diárias.
“o povo não pode pagar o aumento abusivo cobrado pela Cemar e também não pode e nem deve ficar no escuro,” concluiu o presidente do legislativo imperatrizense.
O vereador Bebé Taxistas, disse “que prá eles cortarem a energia são maravilhosos, mas quando tem um problema de falta e queda de energia em uma residência ou Rua, aí tem gente que liga 116 vezes para o 116 e ninguém atende.”
Ao término da Audiência Pública que se estendeu, quase às 13hs, o presidente da Comissão Permanente de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Gênero, o vereador Aurélio do PT (que diga-se, de passagem, que conduziu à mesma de forma brilhante), disse que será Instaurada o mais rápido possível, uma Comissão de Vereadores, onde será feito um relatório e encaminhado aos órgãos competentes do município e do estado.
 

Por: Joãozinho Cézar “DRT” nº 1730/Ma.
Fotos: Fábio Feitosa/Assimp 

Nenhum comentário:

Postar um comentário